MEMÓRIAS DO PEQUENO CIRCO

SEQUÊNCIA CÊNICAS em parceria com Coletivo Teatral SALA PRETA

MEMÓRIAS DO PEQUENO CIRCO no MULTICIDADE -Festival Internacional de Mulheres nas Artes Cenicas, Rio de Janeiro – 5/11  Teatro Tom Jobim 20:00

No espetáculo de teatro contemporâneo, MEMÓRIAS DO PEQUENO CIRCO, artistas iam para o “país dos sonhos”, um país jamais visto, e de onde ninguém nunca poderá escapar. Neste lugar há quem dome e quem seja domado – um comedor de vidros, um palhaço paranoico, um profeta, o dono do circo e a menina que sonhava em acompanhar os artistas – a natureza de cada um tentando se resguardar do mundo atual.

Ausência de memórias, desejos, negligência, banalização e espetacularização da vida culminam e levam este “circo-mundo” a um incêndio. Numa espécie de circo, este “país dos sonhos” se transforma em país da crueldade.

foto Marcela AguiarFruto de pesquisa, o espetáculo traz uma reflexão sobre política, ditadura/ausência de memoria coletiva e grande mídia. Investiga o quão próximo estamos de nós mesmos e do mundo ao qual pertencemos. O incêndio como um acúmulo de erros e o mundo como um circo. Enfim, o espetáculo indaga o quanto somos protagonistas deste mundo e quanto somos somente espectadores.

O espetáculo se desenvolve em torno de temas presentes e preocupantes em nossa sociedade: negligência e desrespeito pela vida humana, ausência de memória, banalização da cultura, da mídia e a teatralização dos movimentos sociais, da política e da justiça.

A estrutura do espetáculo é inspirada na dramaturgia do circo e em seus números, na sua música, no seu apresentador e animais. No espetáculo “Memórias do Pequeno Circo” estes números clássicos do circo são “traduzidos” para a linguagem corporal contemporânea, criando uma linguagem cênica que transita entre a leveza lúdica do circo e o tragicômico do grotesco.

Durante o processo de montagem foi criada por Eveline Costa uma dramaturgia inedita, usando diferentes fontes de pesquisa:“Civilização do espetáculo” de Mario Vargas Llosa, “Livro dos abraços” e “Memórias do fogo” de Eduardo Galeano, “O espetáculo mais triste da terra” de Mauro Ventura, “O queijo e os vermes” de Carlo Ginzburg além de textos históricos e documentais.

Direção: Jadranka Andjelic

Dramaturgia: Eveline Costa

Atores: Rafael Crooz, Bianco Marques, Kaline Leigue e Vivane Saar

Direção músical: Bianco Marques

Textos: Eveline Costa e trechos do “Livro dos abraços” de Eduardo Galeano

Figurinos: Inara Gomide e coletivo

Desenho de Luz: Rafael Crooz

Fotografia: Marcela Aguiar, Renato Mangolin

Produção Executiva: Viviane Saar

Produção: SEQUÊNCIA CÊNICAS e SALA PRETA

foto Renato Mangolin

foto Renato Mangolin

foto Marcela Aguiar

foto Renato Mangolin

foto Marcela Aguiar

O Espetáculo “MEMÓRIAS DO PEQUENO CIRCO” surge de “IMERSÕES”, um projeto de formação e desenvolvimento das técnicas do ator que a diretora Jadranka Andelic, da SEQUÊNCIA CÊNICAS do Rio de Janeiro, conduziu com o grupo SALA PRETA de Barra Mansa (RJ), 2013-2015.

MULTICIDADE © BlackBee Films_Renato Mangolin ALTA 1114

foto Renato Mangolin

foto Marcela Aguiar

foto MarcelaAguiar