CARTA PARA ÁGUA

A performance/instalação, CARTA PARA ÁGUA reflete uma meditação artística sobre a água. Seu poder de criação e purificação, assim como sua natureza destrutiva. Contato humano primordial na vida. Considerada sagrada nas religiões, mas na vida cotidiana, mal utilizada. Em um ambiente na natureza trabalha com imagens simbólicas que vão se transformando. Som, vídeo e performer em um barco que leva sonhos, desejos e orações para a água.

A Performance aconteceu no parque do Vestjyllands Kunstpavillon / Arne Haugen Sørensen Museum, de 13 a 15 de agosto de 2019 e faz parte da programação do Festival UR-NAT.

Performer, video installation and soundscape. Commissioned by UR-NAT Festival/Teatret OM and perfromed 13 – 15. August 2109, in the park of Museum Vestjyllands Kunstpavillon, Denmark.

LETTER TO THE WATER reflects an artistic meditation about the water. It’s life’s giving and purifying power, as well as its destructive nature. It’s the primordial environment and fist contact in life. Considered sacred in religions but, in everyday life, misused.
Can we recover this respect and care for the water and nature on our planet?
Not only our attitude but also our thoughts and vibrations affect the water and has power to transform it accordingly. The audience is invited to write a reflections, wishes and prayer for the water on our planet today.

Perfromer Hiasko Miura [Dinamarca/Japão]

Concepção e direção / Concept and Direction: Jadranka Andjelic e Eveline Costa/ Sequência Cênicas [Brazil]

Concepção de vídeo: Eveline Costa

A Sequência Cênicas foi convidada do Festival UR-NAT em Ringkøbing, na Dinamarca a participar com a CARTA PARA ÁGUA,  que este ano comemora os 30 anos do Teatro OM. A programação internacional incluiu os espetáculos, performances e concertos ao ar livre, em parques, museus, igrejas e farol! Com participantes da Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Dinamarca, Finlândia, Holanda, Itália, Polônia e Espanha.