C Ê N I C A S

Desde 2007, através de oficinas e espetáculos,  formou-se um grupo de artistas que colabora com a diretora Jadranka Andjelic e criadora de audiovisual e dramaturga, Eveline Costa. O trabalho entre os artistas de teatro em torno da SEQUÊNCIA CÊNICAS baseia-se na pesquisa e em técnicas do teatro contemporâneo. A diretora dedica-se a um intenso período de preparação dos atores, através de exercícios corporais e vocais por um longo período de criação, que envolve propostas e a criatividade de cada integrante. O produto final é sempre um espetáculo inédito, com música e dramaturgia originais que surgem do processo de criação.

 

ESTRANHO

DSC_0112ESTRANHO é um espetáculo multimídia. Ator, vídeo projeções e paisagem sonora. Com temática focada nas diferenças e na dificuldade das individualidades afetadas pelas fragilidades mentais, preconceitos e discriminação. Em cena, o personagem Gan passa 30 anos vestido com o kimono da mãe, visitando lugares, alternando entre horror e alegria, entre o canto dos frutos e um fruto estranho. Com Mateus Tiburi. Texto e direção Eveline Costa. Estreia em Outubro 2019.  Leia mais>

CARTA PARA ÁGUA / LETTER TO THE WATER

A performance / instalação CARTA PARA ÁGUA é especialmente criada para  o Festival UR-NAT, em Ringkøbing / Dinamarca. Este ano o Festival comemora os 30 anos do Teatro OM e prevê uma programação internacional de espetáculos, performances e concertos ao ar livre, parques, museus, igrejas e farol! Com participantes do Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Dinamarca, Finlândia, Holanda,Itália, Polônia e Espanha.

A Performance acontecerá no parque do Vestjyllands Kunstpavillon / Arne Haugen Sørensen Museum, 13 a 15 de agosto 2019. Com Hiasko Miura [Dinamarca] e criação de Jadranka Andjelic e Eveline Costa.

FESTIVAL INTERNACIONAL DE MULHERES NAS ARTES CÊNICAS 2018>

A 2ª edição do MULTICIDADE em 2018,  com Patrocínio da EUDORA e Ministério da Cultura, entre 9 e 13 e com Festival+ até 18 de Novembro, visa a continuidade do intercâmbio entre artistas de culturas diversas. Eeste ano, ocupa diversos espaços culturais no Rio de Janeiro: MAM RIO, CASA DE CULTURA LAURA ALVIM, TEATRO IPANEMA, SALA CECÍLIA MEIRELES, CASA FRANÇA-BRASIL, TEATRO POEIRA, UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES , CASA 7 e ESPAÇO SEQUÊNCIA Leia mais>

TERRITÓRIO CENA

Projeto de oficinas com alunos do Ensino Fundamental da Escola Municipal Jornalista Brito Broca, Tijuca/Rio de Janeiro, 2018. Contemplado com o PRÊMIO ARTE ESCOLA TERRITÓRIOS SOCIAIS da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura. Ministrado por Jadranka Andjelic e Eveline Costa. Leia mais>

MULTICIDADE – FESTIVAL INTERNACIONAL DE MULHERES NAS ARTES CÊNICAS

Com o Patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e DOVE / Ministério de Cultura, o MULTICIDADE – FESTIVAL INTERNACIONAL DE MULHERES NAS ARTES CÊNICAS aconteceu entre 31 de outubro a 7 de novembro de 2015 no Espaço Tom Jobim, no Rio de Janeiro e ofereceu uma vasta programação de espetáculos, performances, instalações, fóruns e workshops de mulheres nas artes cênicas da Argentina, Dinamarca, Itália, México, Noruega, Sérvia, Suíça, UK e Brasil.

Direção Artística: Paola Vellucci e Jadranka Andjelic Direção de Produção e Técnica: Eveline Costa Produção e Realização: Sequencia Filmes, Músicas e Cênicas e Studioline Filmes.  Leia mais>

MEMÓRIAS DO PEQUENO CIRCO

foto Marcela AguiarNo espetáculo de teatro contemporâneo, MEMÓRIAS DO PEQUENO CIRCO, artistas iam para o “país dos sonhos”, um país jamais visto, e de onde ninguém nunca poderá escapar. Neste lugar há quem dome e quem seja domado – um comedor de vidros, um palhaço paranoico, um profeta, o dono do circo e a menina que sonhava em acompanhar os artistas – a natureza de cada um tentando se resguardar do mundo atual. Ausência de memórias, desejos, negligência, banalização e espetacularização da vida culminam e levam este “circo-mundo” a um incêndio. Numa espécie de circo, este “país dos sonhos” se transforma em país da crueldade.

Direção: Jadranka Andjelic Dramaturgia: Eveline Costa Atores: Rafael Crooz, Bianco Marques, Kaline Leigue e Vivane Saar Produção: SEQUÊNCIAS CÊNICAS e COLETIVO SALA PRETA Estreia: 22 de dezembro 2014.  Leia mais> 

CATADORES DE SONHOS – Utopia com Atores e Alpinistas

“O mundo atualmente é muito perigoso para qualquer coisa, menos para Utopia”.
R. Buckminster Fuller

Catadores de Sonhos discute o espaço da utopia nas relações humanas atuais. Seguindo o rastro de pesquisas que integram linguagens estéticas à discussão de problemáticas sociais, o projeto se apropria do tema da Utopia para discutir a importância de sua presença dialética – e geradora de férteis oposições – na sociedade contemporânea. CATADORES transita na fronteira de linguagens – teatro, dança e vídeo, promovendo a interação das propostas dos atores, video-maker e músicos.

Direção e dramaturgia: Jadranka Andjelic / Atores: Andréa Maciel, Patrick Sampaio e Ander Simões/ Alpinistas: Filipe  Edney, Eduardo Rodrigues /Audiovisual, Cenário,  e Objetos: Eveline Costa / Música, violão e direção musical: Thiago Trajano / Cello: Saulo Vignoli/Luciano Corrêa / Clarineta: Whatson Cardozo/Levi Chaves / Figurinos: Lydia Quintaes / Iluminação: Dani Sanches / Assistência de Edição: Pedro Salim / Fotografia: Carol Chediak / Direção de Produção: Eveline Costa / Produção Executiva: Rodrigo Lopes / Assessoria de Imprensa: RPM Comunicação

Leia mais>

CIDADE  IN/VISÍVEL

CIDADE IN/VISÍVEL é um projeto de teatro encenado nos transportes públicos que promove a diversidade cultural. Através dos espetáculos no metrô o CIDADE IN/VISÍVEL trafega na história multi-étnica da cidade e contribui para o desenvolvimento de uma sociedade baseada na tolerância. Durante a viagem, artistas apresentam cenas que se referem às diferentes partes e culturas da cidade.

20.abril – 21.maio 2010, Rio de Janeiro

Direção: Jadranka Andjelic / Dramaturgia: Eveline Costa /Atores: Andrea Maciel, Ander Simões, Giselda Mauler, Kleper Reis / Músicos: Rafa Maia, Renata Neves e Thiago Trajano /Direção Musical: Thiago Trajano /Figurinos e objetos: Lydia Quintaes /Fotografia: Estevam Avellar /Projeto Grafico: Rogério Cavalcanti / Direção de Produção: Eveline Costa /Produção Executiva: Érika Costa / Assistente de Produção: Sebastião Jorge-Ferinha /Estagiário de Produção: Ander Simões

Prêmio FUNARTE de Teatro Myriam Muniz 2009  Leia mais>

PROCURANDO EVA

procurando eva22procurando eva4Espetáculo de dança que conta com textos de Paul Valéry, Ana Cristina Cezare Clarisa Lispector. Um olhar sobre a mulher que vai desde uma áurea intimista até a revelação e processos de visibilidade e invisibilidade do feminino.

Coreografia e interpretação: Andrea Maciel; Supervisão de direção: Jadranka Andjelic

Museu Da República e SESC São João de Meriti, Rio de Janeiro

ESPELHO MÓVEL

 Espetáculo de teatro contemporâneo – Dah Teatro Centro de pesquisas teatrais (Sérvia) e Nomad Teatro (Espanha); Atriz: Rocio Solis, Direção: Jadranka Andjelic Cenário: Antonella Diana

Festival de Aguimes, Ilhas Canárias/Espanha e Encontro Internacional de Teatro de Rua, Angra dos Reis e, Brasil 2007.

 

OFICINA PARA ATORES / BAILARINOS

Com a diretora Jadranka Andjelic

O workshop desenvolve no ator / performer a consciência de corpo e voz, e constrói a capacidade para dominar as qualidades, direções e dinâmicas das ações no espaço. Leia mais>